Equipe

Dalva Silva Souza - Presidente

O presidente da FEEES está incumbido de dirigir e administrar a Federação em todas as suas atividades e dependências; representá-la em juízo ou fora dele; emitir edital de convocação para as reuniões extraordinárias, solicitadas pela Assembleia Geral, pelo Conselho Fiscal, pelo Conselho Federativo Estadual e pela Diretoria Executiva; presidir as reuniões da Assembleia Geral e do Conselho Federativo Estadual; contratar e demitir empregados; nomear e exonerar os Diretores das Áreas Estratégicas, os titulares da Tesouraria, da Secretaria, das Assessorias, de Grupos de Trabalho e de outros órgãos de apoio administrativo da FEEES; firmar documentos e correspondências; cumprir e fazer cumprir o Estatuto, as atribuições normatizadas no Regimento Interno e as deliberações do Conselho Federativo Estadual e da Assembleia Geral; coordenar as reuniões de Diretoria, de acordo com o calendário estabelecido e participar, na medida do possível, das atividades doutrinárias desenvolvidas na sede da Federação.

Quanto ao plano de trabalho 2016-­2019 caberá, especificamente, ao presidente:

  • Integrar as entidades especializadas nas atividades da FEEES.
  • Implantar o Projeto Espiritismo e Arte e realizar a mostra de arte espírita.
  • Apoiar as ações das instituições especializadas por meio da divulgação de seus eventos realizados em parceria com as instituições acadêmicas.
  • Organizar documento para orientar a participação de trabalhadores espíritas em conselhos de políticas públicas.
  • Identificar oportunidades de parceria das casas espíritas com instituições organizadas da sociedade civil, mantendo a fidelidade aos princípios da Doutrina Espírita.
  • Participar de ações que promovam o diálogo inter-religioso.

Maria Lucia Resende Dias Faria – Vice-Presidente de Administração

Compete à Vice-Presidente de Administração:

Supervisionar a utilização dos espaços da sede social, dos móveis, equipamentos e utensílios, as atividades da Tesouraria e da Secretaria;
Autorizar e controlar as operações de compra e venda da Livraria, bem como o deslocamento para feiras de livros, congressos e outros eventos de equipamentos e livros;
Zelar pela conservação dos bens móveis e imóveis, máquinas, equipamentos, utensílios e do almoxarifado, providenciando reparos ou substituição, com anuência da Diretoria Executiva;

Realizar, periodicamente, levantamento patrimonial de bens móveis e imóveis, máquinas, equipamentos, utensílios e material do almoxarifado.

José Ricardo do Canto Lírio – Vice-Presidente de Unificação

Dentre outras atribuições, compete-lhe: otimizar a comunicação interna da FEEES e desta com os Conselhos Regionais Espíritas (CRE), as casas espíritas adesas e demais parceiros das suas relações institucionais; trabalhar pela integração das instituições não adesas ao Movimento de Unificação; movimentar esforços que atendam às diretrizes traçadas pela Diretoria Executiva e às demandas do movimento espírita estadual no âmbito da sua ação; compartilhar iniciativas e procedimentos que envolvam a divulgação da Doutrina Espírita, bem como a valorização da imagem institucional da Federação; disponibilizar orientação e suporte técnico aos CREs e aos centros espíritas sobre assuntos pertinentes à sua área de ação, inclusive sob a forma de cursos, seminários, simpósios e eventos similares.


Luciana Telles Moura – Vice-Presidente de Educação

A vice-presidência de educação está alinhada com a proposta educativa da Doutrina Espírita e coordena as atividades desenvolvidas nas áreas de Infância e Juventude, de Estudos, de Família e de Assistência e Promoção Social Espírita.

Nesse ângulo de atividade, são traçados os seguintes objetivos:

  1. Sensibilizar o movimento espírita da importância da evangelização da criança, do jovem e da família;
  2. Orientar a implantação e a implementação, nas instituições adesas, de Escolas de Evangelização Espírita, do Serviço de Assistência e Promoção Social Espírita e de Grupos de Estudos Sistematizados;
  3. Conscientizar os tarefeiros das instituições adesas quanto à necessidade de uma atuação mais efetiva, que influa nas estruturas sociais e contribua para a evolução do ser, pelo entendimento de que a caridade deve transcender o assistencialismo;
  4. Capacitar o trabalhador espírita para a adequada representação junto aos conselhos municipais e estaduais.
  5. Incentivar a parceria das casas espíritas com instituições organizadas da sociedade civil.
  6. Incentivar o acolhimento, de modo integral, das famílias em todas as atividades da casa espírita.

Alba Lucínia Sampaio – Vice-Presidente de Doutrina

A Vice-Presidência de Doutrina responsabiliza-se pelas atividades relacionadas ao estudo, à difusão e à prática da Doutrina Espírita, tendo por objeto as atividades das áreas da mediunidade e do atendimento espiritual, bem como aquelas que sejam referentes à divulgação da Doutrina Espírita por meio de todos os veículos de comunicação social compatíveis com princípios éticos-morais espíritas.
Cabe a esta vice-presidência compor, compartilhar e implementar iniciativas e procedimentos que promovam o permanente estudo relativo à fundamentação espírita da mediunidade e das atividades do atendimento espiritual e à capacitação de trabalhadores vinculados às atividades, bem como criar suporte técnico-pedagógico aos CREs e aos centros espíritas sobre os assuntos pertinentes à área doutrinária, sob a forma de cursos, seminários, simpósios e eventos similares.

Estão vinculados a esta vice-presidência a Área de Orientação Mediúnica (AOM), o Área de Atendimento Espiritual (AAE) e o Área de Comunicação Social (AECOM).

Graça Cypriano – Área de Orientação da Mediunidade

A Área de Orientação da Mediunidade, sob a supervisão da Vice-Presidência de Doutrina, tem a finalidade de orientar as atividades relacionadas com a prática da mediunidade, junto aos órgãos da Federação e às Casas Espíritas Adesas, colaborando para a implantação, a continuidade e o aprimoramento de suas reuniões.
Para atingir sua finalidade, deverá:
I - elaborar orientações para, em parceria com os CREs, apoiar o desenvolvimento das atividades mediúnicas nas instituições adesas;
II - elaborar projetos e formar grupos de trabalho para o desenvolvimento de suas ações;
III - manter em funcionamento, na sede da FEEES, reuniões semanais de estudos, educação e desenvolvimento mediúnico, e de desobsessão;
IV - orientar, coordenar e supervisionar os setores de atividades mediúnicas, por intermédio de reuniões com os respectivos responsáveis;
V - promover ciclos de estudos, palestras, mesas-redondas sobre assuntos inerentes à mediunidade, visando ao aprimoramento da prática mediúnica;
VI - promover a integração dos participantes dos trabalhos mediúnicos em outras atividades da casa;
VII - manter permanente contato com os Conselhos Regionais Espíritas a fim de estabelecer rede de informações ágil e fidedigna na administração dos interesses da área.


Antonio Carlos Cerutti – Área de Atendimento Espiritual

A Área de Atendimento Espiritual (AAE) da FEEES, sob a supervisão da Vice-Presidência de Doutrina, tem a finalidade de orientar as atividades relacionadas com o atendimento espiritual, junto aos órgãos da Federação e às Casas Espíritas, colaborando para a implantação, a continuidade e o aprimoramento de suas atividades no ambiente interno e externo das instituições.
Nas Casas Espíritas, a Área de atendimento espiritual acolhe as pessoas que procuram esclarecimento, orientação, ajuda e assistência espiritual e moral, abrangendo as atividades de:

  • Recepção;
  • Atendimento fraterno pelo diálogo;
  • Explanação do evangelho à luz da doutrina espírita;
  • Passe e magnetização da água;
  • Irradiação;
  • Evangelho no lar;
  • Atendimento espiritual domiciliar (visita fraterna).

Fabiano Santos – Área de Comunicação Social Espírita

A Área de Comunicação Social Espírita, sob a supervisão da Vice-Presidência de Doutrina, tem por finalidade:

  • promover a divulgação dos objetivos institucionais da FEEES planejando, organizando, patrocinando e executando projetos e/ou programas e ações que envolvam a imagem pública da Instituição;
  • otimizar a comunicação interna e externa da FEEES;
  • buscar espaços nos jornais, nas revistas, rádios, televisões e outras mídias para veiculação de conteúdos espíritas;
  • assessorar e divulgar os eventos de todas as Áreas da FEEES e dos CREs;
  • enviar notícias do movimento espírita capixaba a todas as mídias;
  • gerenciar o informativo bimestral A SENDA;
  • gerenciar a plataforma de comunicação integrada da FEEES (Website, Facebook, Instagram, Twitter);
  • capacitar as casas espíritas na estruturação das Áreas de Comunicação Social Espírita e para a utilização das modernas técnicas de comunicação social;
  • coordenar;
  • promover o estudo de meios e técnicas que facilitem a divulgação de eventos e do Espiritismo.

Leila Reis – Área de Assistência e Promoção Social Espírita

A Área de Assistência e Promoção Social Espírita (APSE), sob a supervisão da Vice-Presidência de Educação, é responsável pela orientação e coordenação dos serviços da Área no âmbito de ação da FEEES.
Compreende-se que a Assistência e Promoção Social à luz da Doutrina Espírita visam à educação integral do ser humano.

"(...) todo Centro Espírita deverá realizar serviço assistencial espírita, assegurando suas características beneficentes, preventiva e promocional, conjugando a ajuda material e espiritual, fazendo com que este serviço se desenvolva concomitantemente com o atendimento às necessidades de evangelização."
(OCE, cap. IX, Preâmbulo, item 4). 

 

Lúcia Catabriga – Área de Estudos do Espiritismo

A Área de Estudos do Espiritismo (AEE), sob a supervisão da Vice-Presidência de Educação, tem a finalidade de estimular, orientar e promover o estudo continuado da Doutrina Espírita no âmbito de ação da FEEES, fundamentado nas Obras da Codificação do Espiritismo.
Para atingir suas finalidades, a AEE deverá incentivar e orientar o processo de organização e consolidação do estudo regular do Espiritismo nas instituições espíritas; promover eventos, debates e socialização de experiências em encontros estaduais voltados para a divulgação do estudo regular do Espiritismo e promover a formação continuada dos trabalhadores da Área de Estudo nas Casas Espíritas por meio de cursos, seminários, mesa-redonda, dentre outros.
Apresentar os Órgãos Administrativos da FEEES, composição da diretoria (em forma de organograma para incluir seus departamentos), conselho fiscal, estatuto, regimento interno, plano de trabalho da gestão atual, listar os CRES.


Alessandro Carvalho – Área de Infância e Juventude

A Área de Infância e Juventude (AIJ), sob supervisão da Vice-Presidência de Educação, tem a finalidade de propor, organizar e coordenar as atividades pertinentes à evangelização da criança, do jovem e da família à luz da Doutrina Espírita.


Rodrigo Brasileiro – Área de Família

A Área de Família tem por finalidade:

Promover os meios para que a família e a Casa Espírita exerçam uma ação evangelizadora conjunta e busquem o desenvolvimento integral do ser;

Incentivar, nas Instituições Espíritas,  o trabalho com a família de forma sistematizada, pela criação da Área de Família;

Oferecer condições para que o Centro Espírita implemente e/ou dinamize os trabalhos com a família, conclamando os evangelizadores e os demais trabalhadores a uma ação efetiva de transformação da sociedade.

 

 

Social: